Orquestra Tropical

Duas décadas tocando os ritmos pernambucanos

É frevo, meu bem!

O Frevo é o ritmo que consolidou o trabalho da Orquestra Tropical, formada por músicos profissionais do cabo de Santo agostinho, que há duas décadas dedicam-se a expressar os ritmos da nossa terra.

A palavra FREVO nasceu da linguagem simples do nosso povo, vindo do termo "ferver" cuja forma de pronúncia usada pelas camadas menos letradas da população é frever. Como música, o frevo tem origem no repertório das bandas militares em atividades na segunda metade do século XIX no Recife. A primeira referência pública da palavra frevo, porém, data do início do século através da de uma publicação do Clube Carnavalesco empalhadores de Feitosa, no Jornal Pequeno, na edição de 09 de Fevereiro (sábado de carnaval) de 1907 - data que passou a ser comemorado o Dia do Frevo.

O frevo possui três categorias básicas, claramente identificáveis: o Frevo-de-Rua, o Frevo-de-Bloco e o Frevo-Canção.

Durante essas duas décadas de atividades a Orquestra Tropical tem marcado presença nas festas populares do Cabo de Santo Agostinho e de outros municípios, sobretudo durante os Festejos de Momo.