Fulni-ô Flishimayá

O grupo Flishimayá se compõe de índios da Tribo Fulni-ô, da cidade de Águas Belas – PE e são os únicos índios do Nordeste que mantêm a língua original, o Yathé.

O Flishimayá luta para manter a sua cultura, fortalecendo as tradições e quebrando o preconceito. Em Pernambuco vivem mais de 20 mil índios. É o Estado que abriga a terceira maior reserva do país. A preservação de sua cultura tem sido a principal arma para a sobrevivência da aldeia.

O grupo, criado há quinze anos, sai de seu local de origem sempre no mês do índio, para apresentar suas tradições em forma de espetáculo. Durante o show é repassada ao público a tradição do sincretismo religioso, a história de seus ancestrais por meio dos cânticos e o ritmo Fulni-ô: o Samba de Coco.

Vestidos com roupas feitas de frutos de Crauá, uma vegetação típica do sertão, palhas de Coco e palha de Ouricuri, pintados com tinta da madeira de Umburana e da pedra Tauá, os integrantes do Flishimayá dançam e cantam ao som do ritmo só encontrado entre os Fulni-ô. A música é acompanhada por um coral.