Cecília Maria de Oliveira (Cila do Coco)

É talento da cultura popular pernambucana.

Seu ritmo de trabalho é o coco, mais conhecido como uma manifestação cultural que inclui música, canto, e dança sendo marcado pelo canto responsorial baseado em diálogo entre o solista e o coro, utilizando-se também instrumentos de percussão.

Cila do Coco nasceu na cidade de Olinda-PE e herdou de seu pai o gosto pelo coco que era executado predominantemente nas festividades católicas relativas a santos de junho como São João e São Pedro, de julho Sant' Ana e janeiro Santo Reis. Apesar de cantar coco desde pequena e nas festas de família e amigos, apenas subiu ao palco partindo para um trabalho profissional em meados de 2000, quando recebeu um convite para participar de Projetos como o da Cantina Z4 em Olinda e com a Ciranda de Ritmos que reunia músicos da cultura popular como D. Lia de Itamaracá. Desse período até hoje vem colecionando apresentações em points da cena pernambucana e grandes eventos como no Rec Beat de carnaval, Pátio de São Pedro, Armazém 14, Mercado Eufrásio Barbosa e Festival de Inverno de Garanhuns, onde também teve o prazer de fazer parceria com o grande grupo pernambucano Nação Zumbi de quem recebe o convite para gravar em seu recente CD a faixa intitulada: "Caldo de cana", sucesso no Brasil e no exterior. Mas, além da Nação Zumbi, Cila do Coco vem registrando sua voz em vários projetos como no atual disco do grupo belga Think of One, no qual participa de todo o CD dos garotos e ainda fará um intercâmbio cultural, divulgando esse trabalho na Europa. Sua voz pode ser encontrada também no CD Coleção Nacional Instituto, no disco Mauritiztadt-dub, compilção da candeeiro records formada por clássicos da música popular pernambuca e participação de feras como Arto Lindsay, Pupilo, Fred Zero 4, entre outros e no CD com o Hino de Pernambuco, lançado pela Muzak.

Cila do Coco, hoje aos 64 anos, ex-lavadeira e merendeira de creche, é dona de um excelente senso de improvisação musical, e vem alcançando realizações plenas consagradas em Concursos como o prêmio talentos da maturidade idealizado pelo Banco Real, do qual foi vencedora de um prêmio especial em 2001, por meio do pout-pourri das músicas coco do pneu, medalha dourada e cavaleiro rode a dama.

Como se pode observar Cila do Coco é exemplo de vida e talento comprovado dentro da cultura popular brasileira.