Tribo Canindé do Recife

A Tribo Canindé do Recife é uma agremiação carnavalesca fundada em 5 de março de 1897, pelos estivadores do Elisbão (Libão) e Eduardo no bairro de Afogados. Inicialmente com o nome “Príncipe do Rio do Rei Canindé”. Em 1910, sob a liderança do mestre Manoel Rufino, chega ao Córrego José Francisco, localizado na Bomba do Hemetério, onde funciona até hoje. Manuel Rufino passou a coordenar o grupo, juntamente com os seus irmãos Miguel Batista da Silva e Severino Batista da Silva. A partir daí, a agremiação passou a ser chamada Tribo Canindé do Recife.

Em 1994 Juracy Simões assumiu o Canindé, após o falecimento de seu pai, Severino Batista da Silva, conhecido por “Criança”, que até então era o Presidente. Sendo a primeira mulher a liderar uma Agremiação desse gênero, Juracy interfere na estrutura do grupo e o brinquedo ganha um novo impulso, tornando-se campeão do Concurso de Agremiações Carnavalescas por nove vezes consecutivas entre 1996 e 2004, além dos títulos já conquistados em 1993 e 1994. Sendo a Hepta Campeã do Milênio.

A Tribo Canindé do Recife foi declarada Patrimônio Vivo de Pernambuco em 2009 e Juracy recebeu o título de mestre da cultura.